Pesquisar este blog

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

JEJUM DE PALAVRAS!

-SERVAMARA-


Quantas vezes, você quer derramar todas as tuas necessidades, todas as tuas novidades, todos os teus cnhecimentos, todos os teus maiores sonhos, anseios!

Falar, falar...para que o teu próximo te entenda, te ajude, te acolha, te console, te ouça!

Muitas vezes, nem aprofundamos os nossos pensamentos e queremos compartilhar!

Mas, tem outros momentos, que não conseguimos expressar em palavras o quê sentimos naquele momento;

Então, o silêncio é mais eloquente do que um turbilhão de palavras!

Aprendi, as duras penas, que é mais sábio calar...

Se você não puder elogiar, edificar, abençoar, bendizer alguém!

O Senhor nos agraciou com o dom de falar, de proferir palavras; mas Ele também nos alertou sobre o poder que elas têm; assemelhando-se a uma arma que depois de disparada, o seu projétil não volta atrás!

A vítima pode ser uma pessoa amada, a qual, você não tinha intenção de feri-la, alvejá-la!

Tiago descreve com maestria, primor, os estragos que a nossa língua faz quando proferimos palavras impensadas; que é como um fogo, um mundo de inqüidade, que contamina todo o nosso corpo; e é usada como instrumento a serviço do maligno!

E ele continua nos exortando como da mesma fonte pode jorrar água doce e amargosa?

Abençoar e amaldiçoar??? Tg 3:1-12

Sendo assim, têm momentos em nossas vidas, que devemos nos aquietarmos, e fazermos jejum de palavras!

O Senhor Jesus, nos momentos mais extremos da sua vida, praticou o jejum de palavras e ficou mudo!

E o lugar da Escritura que lia era este: Foi levado como a ovelha para o matadouro; e, como está mudo o cordeiro diante do que o tosquia, Assim não abriu a sua boca.Atos 8:32

Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca.Isaías 53:7


Um homem sábio, temente a Deus, um sacerdote, um profundo conhecedor da palavra, deveria ser bem comedido em suas palavras;

Mas mesmo um homem assim, tão experiente; pode ser engodado pelo maligno, e ser precipitado no falar, demonstrando incredulidade nas palavras proferidas;

O nome desse homem era Zacarias, casado com Isabel, prima de Maria;

Ambos eram idosos, sua esposa era estéril!

Um vez por ano, era escolhido por sorte, um sacerdote que iria adentrar no santuário, no templo do Senhor, para oferecer incenso;

A sorte recaiu sobre Zacarias e ele tão feliz entrou no santuário e foi surpreendido com a presença do anjo Gabriel que lhe trouxe boas novas;

Que sua esposa ficaria grávida e que teria um filho chamado João; seria consagrado ao Senhor, cheio do Espírito Santo; e que convenceria a muitos ao arrependimentos dos seus pecados, e eles se converteriam ao Senhor, seu Deus!

E Zacarias, invés de meditar o que iria falar...

Proferiu palavras impensadas:

Disse então Zacarias ao anjo: Como saberei isto? pois eu já sou velho, e minha mulher avançada em idade.

E, respondendo o anjo, disse-lhe: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado a falar-te e dar-te estas alegres novas.ucas 1:18-19


E imediatamente, foi exortado e punido, ficando mudo!

Sendo coagido a praticar o jejum de palavras...

Até o nascimento do seu rebento!


E eis que ficarás mudo, e não poderás falar até ao dia em que estas coisas aconteçam; porquanto não creste nas minhas palavras, que a seu tempo se hão de cumprir.

E o povo estava esperando a Zacarias, e maravilhava-se de que tanto se demorasse no templo.

E, saindo ele, não lhes podia falar; e entenderam que tinha tido uma visão no templo. E falava por acenos, e ficou mudo.

E sucedeu que, terminados os dias de seu ministério, voltou para sua casa.

E, depois daqueles dias, Isabel, sua mulher, concebeu, e por cinco meses se ocultou, dizendo:

Assim me fez o Senhor, nos dias em que atentou em mim, para destruir o meu opróbrio entre os homens.

E perguntaram por acenos ao pai como queria que lhe chamassem.

E, pedindo ele uma tabuinha de escrever, escreveu, dizendo: O seu nome é João. E todos se maravilharam.

E logo a boca se lhe abriu, e a língua se lhe soltou; e falava, louvando a Deus. Lucas 1:20-25, 62-65


O que aconteceu com ele, pode acontecer conosco diariamente, e dificultarmos o agir do Senhor em nossas vidas, em nos abençoar, em virtude do nosso muito falar; pronunciando muitas vezes, nossas incredulidades, murmurações e até amaldiçoarmos a nós mesmos e outras pessoas, com as palavras pronunciadas e impensadas!

Estou começando a aprender me conter, fazer jejum de palavras, a praticar o silêncio, a meditar, a pensar antes de falar...

Não causar mais estragos em minha vida, só porque não me contenho...e quero falar, falar...

Alerta! Mulheres!

Nós apreciamos muito nos expressar através de palavras o que pensamos, sabemos, sentimos; sendo assim, cautela!

Antes de falar, medite, entregue a sua conversa ao crivo do Espírito Santo; se Ele abençoa , te dá sabedoria de falar!

Senão, cale-se!

Pratique o jejum de palavras!!!

Com certeza, seremos abençoadas mais lá na frente...

Com a mudança de nossas atitudes; e nossos lábios destilarão o mel, vida...a todos , que se aproximarem de nós!!!


As palavras suaves são favos de mel, doces para a alma, e saúde para os ossos.
Provérbios 16:24

Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca.
Salmos 119:103











5 comentários:

  1. Adorei a explanação do assunto. Q Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Amei! A mais pura verdade. E amei também o texto " Me cansei de Teologia". Para mim é a verdade, explicita. Uma verdade que eu sinto dentro de mim.
    Grata!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Mona e Kira, apreciei muito as visitas e os comentários dignificantes no meu blog, voltem mais vezes; desejo que o SENHOR as inspirem e as exortem a praticar o silêncio assim seja necessário. graça e paz vos sejam multiplicadas. Um grande abraço,

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Ana Líria, fiquei muito feliz, que a mensagem tenha te edificado de alguma maneira; desejo, oro, clamo que, o Espirito Santo a toque, a inspire, a exorte quando for o tempo de praticar o silêncio; também, lhe dando a sabedoria de discernir quando for o tempo de falar e compartilhar. A paz do SENHOR esteja contigo e com seus entes amados. Graça e paz multiplicadas.

    'Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu;

    Há tempo de...

    tempo de rasgar e tempo de coser; tempo de estar calado e tempo de falar.'

    (Eclesiastes 3:1,2,7)

    ResponderExcluir